Atualização Teologica 2007

Dois Homens: Uma Mensagem

Em que reside o valor peculiar de um encontro de pastores e líderes? Todos sabemos que as opiniões podem ser diversas. Ninguém, no entanto, discorda que o melhor efeito após o encontro é deixar os instintos carnais desamparadamente paralisados, até que achemos indefesos, a ponto de querermos unicamente DEUS, e sermos semelhantes a Cristo - Este o Senhor! Estes efeitos que distinguem um "encontro" de outro Encontro. Quanto a isso, não há contra argumentação. No decorrer dos tempos, e depois de tantos encontros, a gente chega a esta conclusão.

Assim, observou-se nesta última Atualização Teológica, a qual agora é ex. Não se sabendo ao certo como a chamaremos. Houve várias opiniões de conformidade de que este encontro foi singular. Quão ingrato seríamos, se menosprezássemos as utilidades dos encontros no passado, os quais tiveram seu devido benefício. Entretanto, esta Atualização foi distinta por alguns fatores.

Primeiramente, pela quantidade de inscritos. Foi altamente prezado o esforço dos irmãos que vieram de longe para desfrutar da comunhão. Dentre eles cito Missionário Valdeci, que era pouco conhecido de vista por muitos. Seguem-se os irmãos do Paraguai e tantos outros nordestinos. Havia representantes de diversas federações.

 Acima de tudo, devemos o sucesso deste encontro aos preletores. Não somente porque eram bons oradores, famosos, solicitados e internacionais. É verdade que ambos possuíam uma mensagem, e se nos dermos conta encontraremos vantagens no que ouvimos. Coube ao Kerry Allen propor regulamentarmos nosso ministério segundo a prioridade de Cristo. Este em nós, esperança da Glória. Se atentarmos Kerry não estava nos re-evangelizando – mas, redefinindo nosso ministério na riqueza de Cristo. Unicamente Cristo. Ele é a medida e coerção da nossa vocação.

Em segundo plano, não menor, ministrou Pr. Abe Huber, de Santarém, que descreveu sobre o sucesso do crescimento qualitativo e quantitativo – sendo possível ter ambos. Curioso foi que Abe pouco falou de um método, mas da relação. Assim, entendi. Embora a tempo já tenha abandonado esta idéia do método. De fato, o método é a relação. Conforme notou – a relação com Deus: santidade; a relação com a família: responsabilidade; a relação com as ovelhas: discipulado; a relação com o próximo: amor. Qual o segredo do Pr. Abe? Ele é simplesmente um homem relacional. E qual foi o resultado de relacionar-se com Deus: virou santo!

Faço assim a síntese destas duas mensagens. Sobre o que preciso no meu ministério? Santificar Cristo no meu coração, ou seja, simplificar tudo mais no meu ministério para que a prioridade seja Cristo e Sua mensagem. Conforme, aconselhou Paulo a Timóteo – não perca de vista, nas atividades pastorais, o ofício de evangelista. Não é somente evangelizar, mas todo trabalho pastoral ser evangelístico. A oração, sermão, visita, tudo se torna evangelístico.

Posteriormente, ser um pastor pessoal em todas as relações. O pastor precisa ser Pessoal. Esta é a reforma que precisamos na pós-modernidade. Deixar a forma de indivíduos para sermos pessoas. E, para dar mais um passo, nunca se esquecer de amar.

 Pr. Sergio

 

Pr. Sérgio Dos Santos
Igreja de Cristo em Atlanta (EUA)